Marcadores: ,

Atletas da TK Karate Cerquilho, são medalhistas na 1ª Etapa do Paulista 2016.

0 comentários

Equipe TK Karate Cerquilho 2016 (Foto: Reprodução/facebook)

Por Rodrigo Becker


Atletas da TK Karate Cerquilho, foram até a cidade de Hortolândia/SP, no último sábado (27/02).

Os cerquilhenses disputaram a 1ª Etapa do Paulista 2016, e fizeram bonito, conquistando ótimos resultados.

Confira:

- Stéphani Trevisan – Campeã - categoria sub21 e na categoria sênior -61 kg.

- Renata Trevisan – Campeã.

- Lucas Miranda –Campeão.

- João Victor Gomes – Vice-campeão – Kata e luta.

- Beto ficou entre os oito primeiros -  categoria -67 kg.

Parabéns, equipe TK Karate!
   
                   
Curta a Fanpage do site Cerquilho Esportes                                        
https://www.facebook.com/CerquilhoEsportes

Marcadores: ,

Equipe de Bocha Cerquilho, jogou pela Copa União 2016.

0 comentários

Atletas Bocha Cerquilho 2016 (amarelo)
(Foto: facebook/secretaria esportes Itapetininga)

Por Rodrigo Becker


A equipe de Bocha Cerquilho, jogou pelo Campeonato Estadual de Clubes – Copa União 2016.

Os cerquilhenses jogaram pela segunda rodada da competição em Itapetininga, no último sábado (27/02).

Foram dois jogos:
Itapetininga 1 x 2 Cerquilho
Cerquilho 0 x 3 Sabitu

Na primeira rodada (13/02), Cerquilho venceu Itapetininga, por 2 a 1. E perdeu para Sabitu por 3 a 0.

Classificação:

1º Sabitu - 12 pts
2º Cerquilho - 4
3º Itapetininga - 2

A última rodada da 1ª fase, será em Cerquilho, sábado (13/03). Cerquilho enfrenta Sabitu e Itapetininga.

Boa sorte, equipe Bocha Cerquilho!


                            Curta a Fanpage do site Cerquilho Esportes                                        
                             https://www.facebook.com/CerquilhoEsportes

Marcadores: ,

Atletas cerquilhenses conquistam títulos no Tênis de campo.

0 comentários

Wagner (esquerda) e Jorge - Alphaville ( Foto: Reprodução/facebook)


Por Rodrigo Becker


Atletas Cerquilhenses do Tênis de campo, conquistaram títulos no último final de semana.

No sábado (20/02), em São Bernardo, Wagner Palmeira, 22 anos, conquistou o título na categoria Terceira Classe M1. E Jorge Benette, 16 anos, conquistou o título na Quinta Classe M1.

Wagner (esquerda) e Jorge - S. Bernardo ( Foto: Reprodução/facebook)

No domingo (21/02), ambos disputaram mais uma competição, em Alphaville. Wagner Palmeira – Campeão da categoria Segunda Classe M1. Jorge Benette – Vice-campeão da categoria Quarta Classe M1. 

As duas competições organizadas pela Federação Paulista de Tênis.

Parabéns, Wagner e Jorge!


 Curta a Fanpage > https://www.facebook.com/CerquilhoEsportes

Marcadores: ,

Aulas do projeto social de Kincboxing Cerquilho, voltaram.

0 comentários

Turma 2016 (Foto: Reprodução/facebook)


Por Rodrigo Becker


Na última semana, as aulas do projeto social de Kincboxing Cerquilho, voltaram.

As aulas são com o professor Marcel Marques, atrás da SETUL.

Projeto criado há 1 ano e meio, que conta com atletas se destacando nas competições de Kickboxing.


Confira a programação das aulas - masculino e feminino:
Idade: 6 anos a 12 anos.
Dias: segunda, quarta e sabado.
Horário: 14:30 às 15:30

Segunda turma:
Idade: 13 anos a 18 anos.
Dias: segunda, quarta e sábado
Horário: 15:30 às 16:30

Aos interessados em fazer parte do projeto, podem fazer a inscrição na Setul – Rua: Ângelo Luvizotto, nº 310 – Centro.

Fones: 15 3284 2064 – Setul  
            

Marcadores: ,

Bem Amigos vence amistoso.

0 comentários

Bem Amigos 2016 (Foto: Reprodução/facebook)

Por Rodrigo Becker


Bem Amigos disputou amistoso no último domingo (14/02), no campo do São José.

O jogo foi entre times cerquilhenses. O Bem Amigos venceu o Atlético Cerquilho, por 4 a 1.

Mapinha, Thiko e Gijão, marcaram os gols do Bem Amigos.


Marcadores: ,

Entrevista exclusiva com a karateca de Cerquilho, Renata Trevisan. Ela fala sobre sua carreira e conquistas no Karate.

0 comentários

Renata Trevisan (Foto: Osvaldo Andreotti)

Por Rodrigo Becker


São 20 anos de carreira no Karate. Ela é uma das atletas mais vitoriosa de Cerquilho. 

Aos 13 anos, conquistou seu primeiro título. E daí em diante, foram conquistas e mais conquistas por: Seleção Brasileira, Seleção Paulista, Cerquilho, Ribeirão Preto e TK Karate.

As lutas não foram só dentro dos tatames, também foram fora, em busca de apoio e patrocínios. Não foi fácil.

Mostrando que ela é uma atleta determinada e vitoriosa, venceu as lutas fora e dentro dos tatames. Hoje, além de atleta, ela é Sensei. E sem dúvidas, em um futuro próximo, com os ensinamentos da Sensei, teremos muitos atletas e bons cidadãos vitoriosos, em Cerquilho.

Estou falando da karateca de Cerquilho, Renata Trevisan. 

Em uma entrevista exclusiva para o Site Cerquilho Esportes, Renata fala sobre sua carreira no Karate.

Confira: 

Site - Atualmente você é atleta da Seleção Paulista?
Sim, sou atleta da Seleção Paulista desde 2001.

Site - Você é formada em Educação Física? 
Sim. Formei-me no ano de 2005 na UNIMEP.

Site - Que ano você mudou para Cerquilho?
Mudei em 1994, quando eu tinha 8 anos. Minha família é de Cerquilho, antes de vir morar definitivamente aqui, eu vinha passar os finais de semana e as férias.

Renata (Foto: Reprodução/facebook)
Site - Qual idade que você começou a praticar Karate? Como o Karate entrou na sua vida?
Comecei a praticar Karate no dia do meu aniversário de 11 anos (26/04/1995). Eu assistia muitos desenhos e filmes de lutas e isso me interessava muito. Em 1995 minha irmã começou a trabalhar em uma academia que tinha aulas de Karate e kung fu, fiz uma aula de cada modalidade e desde então me apaixonei pelo Karate.

Site - Com que idade você conquistou a faixa preta?
Conquistei a faixa preta um dia após completar 18 anos.

Site -  Qual foi sua primeira conquista no Karate? Quantos anos você tinha?
Minha primeira conquista foi no terceiro campeonato que participei, me lembro que foi na cidade de Rafard, quando eu tinha 13 anos.

Site - Principais títulos (vice e bronze) que você conquistou no Karate pela Seleção Brasileira e Paulista?
Meus principais títulos pela Seleção Brasileira foram: Campeã Pan-americana por equipe, em 2004, no Chile. Duas vezes vice-campeã Sul-americana individual, em 2004, no Peru e em 2005, em Recife. Mundial de karate - categoria Shorin-ryu - Atlanta nos Estados Unidos, em 2001.
Pela Seleção Paulista sou Bi campeã Brasileira.

Site - E por Cerquilho e outras academias que você defendeu, quais foram os principais títulos no Karatê?
Renata, medalhista pela TK Karate - Capivari 2013
(Foto: Reprodução/facebook)
Por Cerquilho meu principal título foi o de Campeã dos Jogos Abertos (2004 em Barretos), inesquecível, pois na época foi uma medalha inédita para a cidade. Hoje sou Deca campeã dos Jogos Regionais, Tetra campeã dos Jogos Abertos e Octa campeã Paulista.


Site - Atualmente você representa Cerquilho nos Jogos Regionais? Se não, por quê?
Atualmente luto por Ribeirão Preto, mas na minha visão eu represento Cerquilho nessa equipe. Explicando de uma maneira fácil, no futebol temos grandes equipes como Palmeiras, Corinthians e São Paulo, no karate atualmente algumas das grandes equipes são Ribeirão Preto, Piracicaba, Santos e São José dos Campos, por isso lutei muito para conseguir chegar numa grande equipe e fico feliz por ser uma cerquilhense nessa equipe.

Renata Campeã por Ribeirão Preto - Jogos Abertos 2015
(Foto: Reprodução/facebook)

Site - Como foi o dia que você conquistou o Mundial de Karate - categoria Shorin-ryu - Atlanta nos Estados Unidos, em 2001, pelo Brasil?
Representar meu estilo e meu país foi uma honra para mim, e a conquista da medalha de ouro foi uma emoção indescritível.

Renata (3ª em pé esq. p/ dir.) Campeã Mundial 2001 - EUA
(Foto: Reprodução/facebook)

Site - Você começou com 11 anos no Karatê, imaginava que um dia seria Campeã do Mundo nos Estados Unidos?
Quando comecei, aos 11 anos de idade, eu não imaginava o que viria pela frente. Não entrei no karate pensando que iria competir isso foi uma consequência, muito boa por sinal.

Site - Por quantos anos você defendeu a Seleção Brasileira de Karate?
Defendi a Seleção Brasileira Oficial (CBK) nos anos de 2004, 2005 e 2008.

Site - No Karate qual foi sua maior conquista?
Minha maior conquista no Karate foi ter me tornado professora.

Site - Qual foi a luta que mais marcou você?
Foram tantas lutas marcantes que não consigo apontar apenas uma, cada competição me dá de presente uma luta marcante. 

Renata (faixa vermelha) (Foto: Nalva Santiago)

Site - Atualmente, além de atleta, também é Sensei na sua academia (TK Karate) e no TEC Tietê. Como é pra você, conciliar a vida de atleta e Sensei?
Amo demais o que eu faço, acho que é exatamente por isso que consigo conciliares as duas coisas. Meus alunos são pessoas fantásticas que me motivam cada dia mais, não só como professora, mas como atleta também. Ver a evolução de cada um é incrível e também não há nada melhor que ter um aluno seu assistindo uma luta sua e gritando "vai sensei". 

Renata (centro) Campeã Brasileira 2015 (Foto: Reprodução/facebook)

Site - O Karatê é um dos esportes indicados para a Olimpíada em Tóquio 2020 (Será decidido pelo COI em agosto 2016 no Rio de janeiro). Como é pra você, uma karateca vitoriosa, vê o Karatê, um esporte que não é considerado olímpico?
O Karate é uma das artes marciais mais praticadas no mundo todo, por isso para mim sempre foi muito triste ver o karate fora da Olimpíada. Mas estamos muito confiantes que esse ano esse sonho se torne realidade, para que em 2020 todos possam ver a beleza dessa arte marcial na Olimpíada.

Site - Você já conquistou títulos importantes no karate, pela Seleção Paulista, Brasileira e pela sua academia. Ainda tem algum título que você sonha em conquistar no Karatê?
Não tem um título específico que sonho conquistar, cada ano que se inicia sonho em poder lutar a maioria das competições e se possível trazer bons resultados.

Site - Como é pra você, ter uma sobrinha (Stéphani Trevisan), seguindo seus passos no Karatê? E vê-la conquistando o Bronze no Mundial 2015?
Stéphani e Renata
(Foto: Reprodução/facebook
)
A Stéphani desde bebê ia para os ginásios me ver lutar, quando ela entrou no karate, aos 6 anos, a única coisa que eu queria era que ela aprendesse muito com o karate e não se machucasse, pois além de professora, ser tia coruja é complicado hahaha. A carreira da Sté foi bem precoce, aos 12 anos ela já conquistou sua primeira vaga na Seleção Brasileira, mas nunca sabemos o que vem pela frente. Por isso o que fizemos foi treinar, treinar e treinar, e com isso, ano passado ela conquistou a tão sonhada medalha em um mundial, emoção que até hoje não consigo explicar, fora do normal, uma alegria e um orgulho imenso. 

Site - Você fica mais nervosa, quando vai lutar em algum campeonato, ou quando você vê sua sobrinha Stéphani, lutando?
Com certeza quando vejo minha sobrinha e meus alunos lutarem.

Site - Quais são as maiores dificuldades que você encontra como atleta e Sensei?
A maior dificuldade sem dúvida é o apoio financeiro. Para que toda minha equipe possa estar na maioria das competições os gastos são grandes, e vê-los não podendo ir a uma competição por falta de condições financeiras, é muito ruim. Eu como atleta até hoje passo por isso também, tem competições que realmente não temos como ir mesmo. Tentamos vender rifas as vezes, mas mesmo assim é difícil.

Foto: Nalva Santiago

Site - Projetos no Karate para 2016?
Tenho projetos como professora e como atleta. Em resumo, quero ver meus alunos evoluírem e conquistarem novas faixas quero vê-los conquistarem seus sonhos. E espero que a equipe da TK consiga participar da maioria das competições de 2016.

Site - Para encerrar nossa entrevista. Aqui em Cerquilho, tem muitos atletas que praticam esporte e sonham em ser profissionais. Deixe uma mensagem para quem tem esse sonho.
Nunca deixem de acreditar nos sonhos, pois são eles que fazem com que a gente se esforce, que a gente se dedique e treine cada vez mais. Tenham FÉ, pois nenhum obstáculo é grande demais que não possa ser superado. 

Equipe TK Karate Cerquilho (Foto: Reprodução/facebook)



Marcadores: ,

Bem Amigos/Amabille jogou pelas quartas de finais da 20ª Copa Conchas 2016.

0 comentários

Bem Amigos/Amabille 2016 (Foto: Reprodução/facebook)

Por Rodrigo Becker


Bem Amigos/Amabille, jogou pelas quartas de finais da 20ª Copa Conchas 2015.

A partida foi na noite de ontem (2ªf – 1º fev), em Conchas/SP.

O jogo foi contra os Feras de Itapetininga. Bem Amigos foi derrotado por 7 a 2.

Infelizmente com a derrota, Bem Amigos/Amabille foi eliminado do campeonato.


Marcadores: ,

Cerquilho já teve uma decisão de campeonato entre Flamengo e Fluminense. Cinco anos depois, veja onde estão alguns atletas do Fla e Flu, que jogaram em Cerquilho.

0 comentários

Fluminense Campeão em Cerquilho 2011 - Foto: Google/imagens


 Por Rodrigo Becker


Cerquilho já foi palco de uma decisão entre Flamengo e Fluminense. O famoso e histórico clássico, Fla x Flu. 

No último dia 30 de janeiro, a decisão completou 5 anos.

O ano era 2011. Cerquilho era sede da 2ª Taça interior Paulista de Futebol de base sub 15 – 2011. Competição organizada pela empresa Ralph Soccer (Ralph Nogueira), e foi realizada de 23 a 30 de janeiro de 2011.

Nove equipes de tradição do futebol brasileiro, e a escolinha da prefeitura de Cerquilho, disputaram a competição, com atletas da categoria sub 15. Atletas que na época tinham entre 14 e 15 anos.

Grupo 1: Cerquilho, Bahia, Atlético Goianiense-GO, Fluminense e Ponte Preta.

Grupo 2: Guarani, Primeira Camisa (S.J. dos Campos), Flamengo, Figueirense-SC e Vitória-BA.

Os jogos foram realizados nos principais campos de Cerquilho: Centro Esportivo Ademar Bom, Parque das Árvores e Centro Olímpico.

Depois de cinco rodadas na 1ª fase e, quatro jogos nas quartas de finais, quatro equipes se classificaram para as semifinais.

As semifinais foram realizadas no Centro Olímpico. O Fluminense venceu o Figueirense por 3 a 0. E o Flamengo venceu o Bahia por 1 a 0.

Quis os deuses do futebol, que Flamengo e Fluminense, um dos clássicos mais tradicionais do futebol brasileiro, tivesse uma final em Cerquilho.

No dia 30 de janeiro de 2011, tivemos o clássico Fla x Flu, no Centro Olímpico, em Cerquilho.

O Fluminense venceu o Flamengo na final, por 2 a 0. E foi Campeão Invicto. José Lucas e Davi marcaram os gols.

Fluminense - Campeão da 2ª Taça interior Paulista de Futebol de base sub 15 – 2011. 

A conquista do Flu em Cerquilho, é destaque no site oficial do clube.
Foto: Reprodução site Fluminense


                         Confira a premiação do campeonato:
Foto: Ralph Soccer



Foto: Ralph Soccer

Foto: Ralph Soccer

A competição também serviu para que os atletas, fossem observados pela comissão técnica da Seleção Brasileira sub 15. Alguns atletas que disputaram a competição em Cerquilho, foram convocados. 


Foto: Ralph Soccer

Cinco anos se passaram, e muitos jogadores do Flamengo e Fluminense, que jogaram a competição em Cerquilho, são jogadores profissionais.

Confira onde estão alguns jogadores do Fla e Flu, que jogaram em Cerquilho em 2011, quando tinham entre 14 e 15 anos. E em 2016, irão completar 20 anos.

Flamengo:

O goleiro Thiago, o meia Otacílio “Cafu” e o zagueiro Lincon, sagraram-se Campeões da Copa São Paulo 2016 pelo Fla. Na final no último dia 25 contra o Corinthians. 
Na final, Thiago defendeu dois pênaltis, Cafu fez a assistência para o gol de empate do Fla. Thiago e Cafu estão na equipe profissional do Flamengo.
Cafu - (Foto: Reprodução/Instagram)
Thiago (Foto: Ale Vianna/Eleven Lancepress)












O lateral esquerdo Jorge Marco, subiu para o profissional do Flamengo em 2015. Em 2016, é o titular do técnico Muricy.
Jorge Marco (Foto: Site Flamengo)

Caio Rangel, meia/atacante, em 2014, foi vendido para o Cagliari da Itália. Em 2015, o Cagliari emprestou o jogador para o Arouca de Portugal.
Caio Rangel (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Caio Thimóteo, em 2015, foi contratado pelo Corinthians e emprestado para o Flamengo de Guarulhos.

Ian Pereira, zagueiro, está jogando no Gondomar de Portugal.

Leandro Alves, meia, contratado pelo Botafogo RJ.

Arlindo Honório, atacante, contratado pelo Corinthians em 2012. O contrato terminou em 2015, e o atleta foi dispensado.

Bruno Ávila, contratado pelo Atlético PR, em 2014.

Pedro Lucas, volante, contratado pelo Botafogo RJ, em 2014.

Fluminese:

José Lucas, atacante, foi o artilheiro da competição em Cerquilho 2011. Marcou um dos gols na final. 
Em 2016, disputou a Copa São Paulo pelo Flamengo de Guarulhos.

Gabriel Vasconcelos, atacante, foi contratado pelo Corinthians em 2014. Foi Campeão da Copa SP - 2015, e Vice em 2016 pelo Timão. É um dos atletas que subiu para o profissional do Timão, depois da Copa SP 2016.
G. Vasconcelos
(Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Davi Ferrari, marcou um gol na final em Cerquilho. Foi contratado pelo Flamengo em 2015.

O volante Douglas, o goleiro Marcos Felipe e Daniel Sampaio “Danielzinho”, estão na equipe profissional do Fluminense.

Jonathan, goleiro, contratado pelo Belenenses de Portugal, em 2015.

Lorran Rosendo, meia, contratado pelo Atlético MG, em 2015.

Pablo Augusto, atacante, jogou a Copa SP 2016, pelo Grêmio Osasco.

Robert, meia, foi o destaque da competição em Cerquilho. Em 2015, foi emprestado por um ano, para o Barcelona B.
Robert (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

Kenedy, atacante, foi contratado pelo Chelsea, em 2015, por 10 milhões de dólares.
Kenedy (Foto: Getty Imagens)

Wallace Bonilha, volante, este ano foi emprestado por um ano, para o FC Lahti da 1ª divisão da Finlândia.
Wallace Bonilha (Foto: Divulgação/FFC)

Wendel Lomar, zagueiro, contratado em 2015, pelo Avenir Bélziers da França.

Walney, volante, sub 20 do Flu.

A maioria desses jogadores, jogaram pelas seleções de base do Brasil.

Infelizmente, Cerquilho não tem mais competições de alto nível. Como essa Taça que foi realizada em 2010 e 2011. Cerquilho que também já foi sede dos Jogos Regionais, Copa São Paulo de Futebol Junior. Pouco a pouco, as competições, festas (junina, das nações e carnaval), vão se acabando em Cerquilho. Não só esportes e festas, mas a saúde, limpeza da cidade e ruas esburacadas. Frutos da má administração que a cidade passa nos últimos anos.